quinta-feira, outubro 09, 2014

LEI DA MAIOR IDADE PENAL – ABRIR O DEBATE PARA MUDANÇA.

   Já se faz necessário abrir este debate, além de responsabilizar DURAMENTE os pais. 
  Violência com participação de menores, nas ruas, nos bailes, portas das escolas, saída de bancos, nos grandes centros de bairros e arrastões nas praias do Rio e no centro de São Paulo.
   A Lei precisa ser mudada. Não dá mais para aguentar isso no Brasil. Seu filho tem 19 anos, gente boa, educado, não dá trabalho, estudioso, simples, terceiro ano de faculdade e num determinado dia, chegando em casa as nove da noite, depois da faculdade, é abordado de forma violenta por um marginal de 17 anos que quer o celular. Mesmo conseguindo o fruto do roubo, atira e mata, sem dó e sem piedade.
   A sociedade não pode continuar á assistir isso sem tomar providencia se faz necessária uma mobilização para sensibilizar os fazedores (políticos) de lei a mudar isto urgentemente. Para os executores das leis, o treinamento e condições para fazer cumprI-las.
Brasil, Colômbia e Peru a maioridade penal é de 18 anos.
Europa:
Portugal, 16; Alemanha, 14; Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, 15; Espanha, 14; França, 13; Itália, 14; Polônia, 12; Inglaterra, 10; Escócia, 8; Bélgica, 16; Rússia, 14; Ucrânia, 10; Hungria 12-14; Suíça, 10.
América:
Canadá, 12; Estados Unidos, 6-12 (conforme o estado); México, 6-12 (idem); Argentina, 16-18.
África:
África do Sul, 10; Argélia, 13; Egito, 15; Etiópia, 15; Marrocos, 12; Quênia, 8; Sudão, 7; Tanzânia, 7; Uganda, 12.
Oriente Médio:
Irã, 9-15; Turquia, 11.
Ásia e Oceania:

Japão, 12; China, 14; Singapura, 7; Coréia do Sul. 12; Filipinas, 9; Índia, 7; Nepal, 10; Paquistão, 7; Tailândia, 7; Uzbequistão, 13; Vietnam, 14; Nova Zelândia, 10; Austrália, 10.
Postar um comentário