quinta-feira, dezembro 20, 2012

RIO – ÁREA PORTUÁRIA: INVESTIMENTOS NA CONSTRUÇÃO DAS TRUMP TOWERS.


      O filho do bilionário americano Donald Trump, esteve no Rio de Janeiro, para anunciar um investimento em torres comerciais (Torres de Escritórios) de alto luxo, na “Praia Formosa”, na Avenida Francisco Bicalho – Centro do Rio. Segundo informação, o empreendimento será o maior centro corporativo do país.
   O montante do investimento poderá chegar a R$ 6 bilhões, mas terão as empresas Even Construtora e MRP Internacional, como principais parceiras/financiadoras do empreendimento, enquanto o bilionário apenas cederá o nome dos prédios - que se chamarão Trump Towers.
     A Caixa também terá participação no investimento. De acordo com executivos, o banco preferiu fazer uma espécie de parceria, na qual cedeu título de construção que havia comprado da prefeitura do Rio de Janeiro e, em contrapartida, deverá ficar com parte do que for construído. Pelo que vejo, lá vai mais dinheiro do nosso FGTS.
(Globo, 19) A Zona Portuária do Rio será a porta de entrada de negócios do bilionário americano Donald Trump no Brasil. O filho mais velho do executivo, Donald Trump Jr, anunciou uma parceria com investidores privados e a Caixa Econômica Federal para a construção de cinco torres comerciais, com 38 andares cada, na Avenida Francisco Bicalho. As duas primeiras Trump Towers começam a ser erguidas no segundo semestre de 2013, com previsão de conclusão até os Jogos Olímpicos de 2016. As outras três torres serão construídas conforme a demanda do mercado.  A Caixa entrou no negócio por ser gestora do Fundo Imobiliário do Porto Maravilha, que tem a exclusividade para vender os chamados Certificados de Potencial Construtivo (Cepacs). As Cepacs permitem aos investidores construir acima de gabaritos mínimos determinados para a área. Nesse caso, a Caixa optou por entrar como sócia do empreendimento, em vez de vender as Cepacs. @.

Postar um comentário