domingo, outubro 23, 2005

Panorama Econômico: A Força das Capitais

Assinada por Flavia Oliveira na ausencia de Miriam Leitão – O Globo - Versão impressa
É inegável que as cidades do interior ganharam peso na oferta de emprego nos últimos anos. Mas ainda estão longe de ofuscar o brilho das capitais, segundo o economista João Sabóia, do Instituto de Economia da UFRJ. Ele se debruçou sobre os dados Ministério do Trabalho e descobriu que, de 2000 a 2004, São Paulo e Rio de Janeiro encabeçaram a lista das microrregiões que mais criaram vagas no país.
Saboia apresentou neste domingo um trabalho, sobre emprego no Brasil. As duas cidades que se destacam: São Paulo criando entre 2000 e 2004, o total de 434.135 empregos. A cidade do Rio de Janeiro criou neste período 245.230 empregos. As duas juntas responderam por 679.365 empregos, 16% do total no Brasil. Elas representam – juntas - 9% da população brasileira.
A coluna traz também dados de favelas do economista Marcelo Néri. Na Rocinha (Rio de Janeiro), 21,33% das mulheres em idade ativa trabalham como empregadas domésticas. Considerando que 47% das mulheres não estão ocupadas, o emprego doméstico envolve quase metade das trabalhadoras do bairro. Néri com isso demonstra a dependência dos bairros nobres da mão de obra das favelas.
Postar um comentário