segunda-feira, julho 15, 2013

DESENVOLVIMENTO ENDÓGENO: RIO DE JANEIRO - Á IMPORTÂNCIA DOS SHOPPINGS.

Tanto as empresas, quantos os governos deveriam ficar antenados, com relação às áreas dos bairros com potencial para o crescimento, e os arranjos produtivos de cada região.
Tive a oportunidade de ver uma área (um corredor – rota de expansão do bairro), em Campo Grande – Zona Oeste/RJ, se desenvolver e promover o desenvolvimento endógeno do seu entorno - interessante ressaltar que a promoção do desenvolvimento endógeno criou uma nova dinâmica de desenvolvimento regional, com criação de emprego e renda.
Através da percepção e a ação de dois atores: Um da iniciativa privada, e outro do poder público: O primeiro da iniciativa privada, presidente da Ecia Irmãos Araújo, um empresário com visão de futuro que decidiu implantar um shopping na Estrada do Mendanha, e para isso precisava do poder público, pois a região era um zoneamento rural, que não permitia construção de comércio. O segundo, um gestor publico (prefeito da cidade do Rio de Janeiro), que percebeu a importância da implantação deste empreendimento naquela região para alavancar o crescimento do bairro e adjacências, porem houve necessidade de criar um decreto especifico para aquele trecho, pois não havia legislação adequada. O shopping foi inaugurado, em 2007 com nome de West Shopping, houve um grande crescimento de todo aquele corredor, tanto imobiliário como comercial.
Num outro corredor do bairro de Campo Grande (Estrada do Monteiro),  já com lei especifica á empresa Multiplan especializada em grandes redes de shoppings percebeu a pujança do bairro e investiu na construção do seu shopping inaugurado em 2012, um dos maiores shoppings da sua rede na cidade do Rio, o Park Shopping Campo Grande.
Isso aconteceu na Barra da Tijuca/RJ, após a inauguração do Barra Shopping, no inicio da década de 80, que pavimentou o caminho para futuro neste seguimento, e vem acontecendo, em outras áreas da cidade do Rio de Janeiro, como Jacarepaguá, Zona da Leopoldina e  Zona Norte.
Cada vez mais, as pessoas procuram residências próximas aos grandes shoppings, pois é onde tem  grande opção de lazer e serviços, além de considerar uma extensão do seu quintal.
A escolha da Cidade do Rio de Janeiro, para sediar as Olimpíadas de 2016,  veio para ajudar alimentar a força da correnteza do crescimento do Rio na direção da valorização imobiliária dessa região. Alem de impulsionar os investimentos públicos e privados em mobilidade urbana.

Indubitavelmente as construtoras e os investidores, precisam cada vez mais, desenvolver projetos de shoppings com mais opções de serviços como: Cinemas, Academias, Cursos de inglês, Universidades, Lazer teen, Adultos, Salas de teatro, Centro de convenções, Centro empresarial, entre outros. 
Senhores empreendedores invistam parte de seus ativos aqui no Rio de Janeiro, a cidade do futuro.
Postar um comentário